“E aí, calouro?” – Saiba como agilizar seu processo de adaptação às rotinas do ensino superior
  sexta, 23/07/2021, às 11:07

“E aí, calouro?” – Saiba como agilizar seu processo de adaptação às rotinas do ensino superior

Conseguir ingressar no ensino superior é sempre uma tarefa desafiadora para qualquer pessoa. Mas se ilude quem pensa que tudo se tornará um “mar de rosas” após a obtenção da tão sonhada aprovação. As novas rotinas geralmente vêm repletas de obstáculos para os “recém-chegados” (calouros) e costumam gerar um “baque” ao menos nos dias iniciais ou mesmo nos primeiros meses que constituem a fase de adaptação.

Pensando nisso, o Blog do Vestibulando selecionou algumas dicas ótimas acerca do que um calouro pode fazer no intuito de que, em pouco tempo, esteja mais ambientado com relação à sua mais nova realidade. Confira!

Conheça a instituição 

Depois da efetivação da sua matrícula, que tal você ficar bem por dentro da instituição na qual você está ingressando? Conhecer a localização de cada departamento poderá lhe poupar muito tempo num futuro próximo.

Busque se integrar 

Outra dica importante é: tente ser receptivo à ideia de fazer novas amizades. Buscar uma aproximação com veteranos e, claro, com outros calouros, é algo que tende a fazer muita diferença num momento como esse.

Organização, como sempre, é essencial 

São muitas as instituições de ensino superior que oferecem horários de aulas variados (mediante os quais é perfeitamente possível a ideia de se ter aulas em turnos diferentes, inclusive). Por isso, até mais do que nunca, o senso de organização e disciplina serão peças-chaves para que a adaptação ocorra da maneira esperada. É muito relevante que o calouro tenha a consciência de que – ao contrário do que costuma ocorrer no ensino médio – as relações com os professores tendem a não ser tão próximas, cabendo ao universitário o controle total sobre as rédeas do caminho a ser por ele traçado.

Use a modernidade a seu favor 

Faça parte dos grupos da turma nas redes sociais, fique por dentro dos perfis que sua instituição possui nesses meios. Isso vai ajudar na construção de um sentimento de pertencimento e, através disso, fazer com que as tarefas que precisam ser realizadas sejam feitas com mais prazer.

Além da sala de aula 

Havendo oportunidade, é sempre muito positiva a participação num projeto de pesquisa e extensão. Essas iniciativas costumam ampliar a visão de mundo e a bagagem cultural como um todo de quem participa, otimizando bastante os conhecimentos obtidos em sala de aula e humanizando ainda mais o processo de formação. Quando chegar sua vez, busque se informar a respeito e aproveite!  

 

Comente!